25 abril 2007

Finalmente o meu Atlier



Finalmente tenho um espaço no sotão só meu para trabalhar no artesanato!




Esta tarde de feriado foi muito bem passada, 3 gerações trabalhavam em conjunto:
- Eu fazia os colares
- A minha avó cortava o tecido
- A minha mãe fazia os fuxicos

7 comentários:

Maria Lemos disse...

Olha, lindo o teu atelier, adorei!
E sei como é importante termos um espaço nosso para trabalharmos e onde comncentramos as nossas coisinhas, eu também tenho o meu "espaço" e adoro estar lá, ainda que não faça nada, mas gosto!
Adorei o teu!

Sandra Pereira disse...

AAAii, soube-me o céu, este post.
*******************
Lindas as 3 flores!
Sandra Pereira

Rosa disse...

Quem me dera ter assim um espaço...
Por enquanto tenho de ficar-me pela marquise :/
É tão bom ter uma família de artesãs, aqui acontece o mesmo :)

Arte na Mão disse...

Que maravilha....por isso os teus colares estão cada vez mais bonitos.
Beijinhos
Alik

borboleta disse...

Que espaço tão bonito para trabalhar!! :)

Sónia disse...

Que foto tão ternurenta. Esta é para guardar para a posterioridade!
Com uma equipa assim não admira que o resultado final seja tão bom!Às três os meus sinceros parabéns!

Eu também tenho um cantinho para mim, mas para o biscuit tenho que realizar os meus trabalhos na cozinha porque necessito recorrentemente de àgua!

Em breve conto divulgar um trabalho que estou a realizar a meias com a minha mãe!

Bigneck disse...

Que bela equipa aí tens!
Pois foi com a minha super-avó que aprendi a fazer alguma coisa com as mãos, é pena ela já não estar cá entre nós, porque tenho a certeza que ela adoraria fazer-me os fuxicos e as flores de croché:))
Ainda era daquele tempo em que quando era novita, se se queria vestir, tinha que costurar o seu vestido. Faz muita falta cá gente que saiba um pouquinho de tudo. Naquilo que me ensinou(crochet, filé, um pouco de costura, macramé, arraiolos, tricot, etc) fazia questão que eu fosse o mais perfeita possível e dizia-me sempre: Está mal, desmancha e faz outra vez! Ainda hoje, sou assim :)
Gostava de lhe ter podido ensinar a moldar o Fimo. Acho que lhe ia dizer o mesmo: Está mal, desmancha!
Beijos :)))